Dia da Consciência Negra, os preconceitos e conceitos

Comemorou-se ontem, 20 de novembro, no Brasil, o dia da Consciência Negra, dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Homenagem a Zumbi dos Palmares e aos homens negros que fizeram a história através de lutas pela justiça social e pelo fim do preconceito racial. Homens como Luther King, Nelson Mandela, Albert Luthuli, José do Patrocínio e tantos outros que mostraram que a cor não importa entre a humanidade. Ou não deveria interferir. E que cada vez mais há de prevalecer a igualdade entre os homens, independente da classe social e da origem racial. Ainda mais no país chamado Brasil, onde a miscigenação é a marca do nosso povo. E também o dia 20 de novembro deve valer como ponto de reflexão para as injustiças cometidas contra o negro ao longo de nossa história. Mas, onde começa o preconceito?

 

Indiferente do fato se vou agradar ou desagradar A ou B, quero aqui externar minha admiração pelos negros norte-americanos. Hoje o mundo passa por uma transformação histórica, já que os Estados Unidos da América – considerado o berço do preconceito racial – elegeram para presidente do país um homem negro. Isso apenas 44 anos depois que o negro teve direito a voto no Tio Sam. E o mais interessante que este homem negro, culto, inteligente e hoje considerado o político mais poderoso do mundo é casado com uma negra e consequentemente o casal tem duas filhas negras. E o povo negro norte-americano tem essa grande virtude, que é se casar com pessoas da mesma raça, sem nenhum preconceito, independente de ser ou não famoso. Mirem-se nos exemplos dos maiores astros do basquete e do beisebol norte-americanos. Todos os negros são casados com mulheres negras, ou a grande maioria.

 

Eu, particularmente, não tenho nada contra um homem branco se casar com uma mulher negra ou vice-versa, mas há de se elaborar um paralelo entre o brasileiro e o norte-americano. Qual jogador de futebol, artista de televisão ou cantor negro, em nosso país, que se casou com uma negra? Alguns, ou seja, uma minoria que, estatisticamente falando, deve representar algo em torno de 4% da população famosa entre os negros brasileiros. E por que preferem as brancas? Preconceito, eu acho. Aliás, no Brasil, é muito mais fácil encontrar negro famoso casado com branca do que o inverso, ou seja, negra famosa casando-se com branco. E que não venham aqui os céticos e fanáticos que se auto-afirmam como defensores dos direitos dos negros dizer que eu estou falando balela, porque não estou. É a pura realidade e o avesso do avesso, como diria uma canção de um músico brasileiro mestiço.

 

Não há lei que vigore entre negro e negra e branco e branca, mas no Brasil, por exemplo, eu nunca vi o Pelé, ou o cidadão Edson Arantes do Nascimento – maior jogador de futebol do mundo -, levantar alguma bandeira em defesa dos negros e pela luta anti-racial. Afinal, negou a paternidade de uma filha negra até a sua morte e hoje é homenageado pela maior emissora de televisão do Brasil, a Vênus Platinada. Coisas típicas de um país atrasado na luta em favor da igualdade racial.

 

Mas assim vou levando a vida e com a esperança de que, algum dia, veja de fato um negro brasileiro famoso, casado, amigado, comcumbinado ou amasiado com uma negra simples, a verdadeira mulher brasileira. E que também os movimentos negros deste país chamado Brasil sejam mais coerentes, porque grande parte das pessoas que lideram esses movimentos, todos negros, sempre estão em companhia de uma mulher branca. Não estou sendo preconceituoso, apenas clamo por coerência e por conceitos.

Deixe um comentário

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: